A Sociedade Contemporânea - Vol. 1
  • A Sociedade Contemporânea - Vol. 1

    REF: 000034
    R$ 36,00Preço

    Do Consumo-Tudo à Euforia da Decepção - Ensaios Sobre ‘Os Seres Solitários’

    Que sociedade é esta que estamos vivendo? Apesar de intrigante, essa pergunta não é inédita. Pode-se inferir que não se trata de um questionamento dessa Era, mas, sim, que viceja ao longo da História. Embalados por esse anseio, muitos estão à procura de como melhor defini-la. Depreende-se que tal proposição envolve uma concepção dialética da evolução humana e social. Entretanto, Moscovici (1990) faz-nos refletir quando afirma que ‘a realidade da ilusão e a ilusão da realidade são a tal ponto solidárias que não se pode distingui-las’. Ou ainda, quando Hegel diz que ‘a realidade é o fluxo eterno dos contraditórios’. Podemos, então, a partir dessas duas reflexões, empreender uma perspectiva dialética de análise da construção social da Sociedade Contemporânea. Evidentemente tal preposição é tarefa árdua e perigosa para qualquer um que tente ‘desvendá-la’. Entretanto, não negamos tratar-se de uma tarefa muito instigante e reveladora.

    Padrões culturais e sociais são transformados pela dinâmica hiperbólica desse tempo. Conquanto, essa dinâmica está amparada e estimulada pelas estruturas do capitalismo e sua dinâmica de consumo. Nessa obra, reunimos ensaios, tomando por base autores e suas nomenclaturas, acerca das injunções dessa sociedade. Entre o belo e o ordinário muitos são os signos que insuflam essa Era. Contudo, sem querer fazer-se qualquer comparação idílica com o passado, tampouco previsão sobre o ‘tenebroso’ futuro, tão-somente nos propomos, aqui, apresentar considerações acerca desse tempo e suas reverberações sobre a sociedade e o indivíduo.

    Assim, na busca desse constructo, podemos dizer que se trata de um mundo de paradoxos, axiomas, dualista em tudo e em todos, como acreditamos ser a própria natureza humana. Temos de um lado a felicidade como produto, do outro a ansiedade como filha. De um lado, o hiperconsumo, do outro, a eterna insatisfação. O desejo, doutro, a depressão. A liberdade, no outro lado, a clausura. O hedonismo, do outro o narcisismo. De um lado a superconexão, do outro a solidão. Poderíamos continuar na produção de uma lista quase infinita para expressar as dicotomias dessa Era. Entretanto, sabemos que nesse pequeno recorte já reunimos uma explicação para a ‘logica’.

    Destarte, pareceu-nos oportuno esquadrinhar mais profundamente a natureza dessa sociedade do espetáculo, líquida, do consumo, da decepção, do cansaço, da solidão interativa, do narcisismo, da Menor Cultura Comum, bem como de suas reverberações na vida dos indivíduos como uma conjunção que requer elucidação e reflexão.

    Autor
    • FORMATO

      14 X 21 CM

    • ISBN

      978-65-5001-109-3

    • PÁGINAS

      130

    Podemos ajudar?

    Saiba primeiro sobre nossas novidades!

    Home Office | Salvador -BA

    (71) 9 3300-1297 

    Gráfica | São Paulo - SP

    • Ícone cinza do Facebook
    • Ícone cinza do Twitter
    • Ícone cinza do Instagram
    • Ícone cinza do YouTube

    © 2013-2020 Editora Motres Todos os direitos reservados CNPJ: 26.394.677/0001-45